Orando com compromisso

“Se o estrangeiro peregrinar na vossa terra, não o oprimireis. Como o natural, será entre vós o estrangeiro que peregrina convosco; amá-lo-eis como a vós mesmos, pois estrangeiros fostes na terra do Egito. Eu sou o Senhor, vosso Deus”. Levítico 19:33-34

“Meu corpo foi deformado pela vida, mas meu espírito é forte, graças ao modo como Deus escutou minhas orações”.  Seo-yeon (obreiro em perseguição)


Com Jesus em Oração: “A igreja é chamada a participar ativamente da missão aos refugiados, deslocados, migrantes e diásporas. O movimento de pessoas é uma oportunidade sem precedentes que Deus nos deu e espera nossa resposta. Ele está por trás de todos esses movimentos de uma maneira soberana”. (Daniel Bianchi – Conexão Oriental)


Refugiados. O Dia Mundial do Refugiado é uma oportunidade incrível para que as igrejas de todo o mundo mostrem seu apoio e solidariedade aos 68,5 milhões de pessoas deslocadas à força no mundo. Há 18 anos, o Dia Mundial do Refugiado serve como plataforma para mobilizar a igreja global e responder à difícil situação, sendo uma fonte de solidariedade. Em todo o mundo, em 16 de junho ou 20 de junho, as igrejas se unirão para orar pelos milhões de deslocados. Você pode colocar esta data na sua agenda e lembrar-se de orar e de encorajar os outros para orarem e lerem juntos Hebreus 13: 2.


– Crianças. Convidamos você a orar pelas crianças deslocadas pela força e pelas refugiadas. Cerca de metade delas tem menos de 18 anos. Entendemos que muitas organizações e igrejas têm programas que atingem os refugiados adultos, mas são poucas as que se concentram nas necessidades das crianças. Ore pensando que elas não são apenas o presente, mas o futuro e que têm necessidades a serem atendidas. Ore porque cada vez são mais crianças que fazem o caminho sozinhas, expondo-se a abusos de todo tipo e exploração. Fonte: ACNUR e UNICEF


– Deslocados. Oremos pelo deslocamento forçado na América Central. Existem muitos problemas quanto à possibilidade de asilo em toda a região. Há violência e perseguição de grupos criminosos em alguns dos países e, como resultado, a cada dia é maior o número de pessoas que atravessam uma fronteira. A ACNUR, a Agência para os Refugiados, chama para o trabalho em coordenação para enfrentar o desafio. Oremos para que projetos e iniciativas sejam gerenciados para dar uma resposta eficaz, segura, eficiente e humana.


– Perseguição. Desta vez falamos da China, onde as novas leis buscam controlar toda expressão religiosa. Obreiros de lá dizem que é a pior repressão religiosa em mais de uma década. Muitos deles tiveram seus vistos cancelados de um momento para o outro. Vamos orar pelo corpo de Cristo representado na China? Que obreiros e crentes nacionais sejam fortalecidos, encorajados. Que a sua fé não falte, que todo medo e temor sejam afastados. Que em meio às tribulações continuam a celebrar o que Jesus está fazendo todos os dias naquela nação.


Em junho oremos pelos grupos étnicos menos atingidos

– O Povo Costeiro de Lampung em Sumatra, na Indonésia

Eles são islâmicos Sunie, mas cheios de superstições. Todos falam o mesmo dialeto, mas se dividem em quatro subgrupos liderados por um sultão. Não se conhecem seguidores de Cristo entre eles. Oremos por eles, porque há muitos recursos traduzidos em sua língua para que eles queiram conhecer Jesus. Ore por obreiros cheios dos frutos do Espírito para compartilhar as boas novas de Jesus.


– Mandailing do Norte de Sumatra

O povo Mandailing faz parte do grupo Batak, mas ao contrário dos outros, eles têm uma língua diferente e o islamismo está fortemente enraizado. Ore para que a igreja de Batak seja chamada por Deus para iniciar movimentos fortes de plantação de igrejas entre os Mandailing. Ore para que a luz de Cristo ilumine o entendimento deste povo e conheçam Jesus.

The following two tabs change content below.

Mary Fernández

Latest posts by Mary Fernández (see all)

Leave a Reply