O sublime valor da entrega

“Assim, pois, todo aquele que dentre vós não renuncia a tudo quanto tem não pode ser meu discípulo”. Lucas 14:33
“Já não sou mais meu, mas teu. Ponha-me no que quiseres, ponha-me com quem quiseres. Ponha-me a fazer, ponha-me a sofrer. Deixe-me ser empregado por ti ou posto de lado por ti, exaltado por ti ou humilhado por ti. Deixe-me estar cheio, deixe-me estar vazio. Deixe-me ter todas as coisas, deixe-me não ter nada. De graça e de todo o coração eu cedo todas as coisas ao seu prazer e disposição”. John Wesley


Com Jesus na intercessão: Viver num mundo corrupto com a mentalidade do Reino de Deus tem o potencial de levar o crente a muitos conflitos de vontade. O exemplo perfeito de como reagir está em Jesus, quando estava para ser crucificado. A vontade dele era que lhe fosse tirado o cálice, mas preferiu fazer a vontade do Pai. É esse o nível de entrega que se espera de todo crente. Aquilo que Deus quer precisa ser sempre a prioridade. Não basta orar para que seja feita a vontade do Pai assim na terra como no céu. É preciso viver consciente disso o tempo todo, com a disposição de buscar o reino de Deus e sua justiça em primeiro lugar, de entregar totalmente o senhorio da vida a Jesus. Não é uma entrega fácil, automática ou pontual, mas um processo que permite levar cada cristão a níveis mais profundos de intimidade com Deus, enquanto todas as demais coisas lhe são acrescentadas. Existe algo a ser sacrificado, mas existe algo muito mais elevado e significativo que Deus tem a oferecer a todo aquele que se entrega a Ele.


– Líbano. Quando tiramos Deus de nossas equações, quando sentimos que não o necessitamos é quando chegamos a viver calamidades. Décadas de corrupção e fracassos levaram o Líbano a um colapso em diferentes áreas da sociedade. Mas em meio às calamidades e incertezas as pessoas começam a buscar mais. Os quase 2 milhões de refugiados no Líbano estão em busca do Evangelho e podem ser vistos resultados espirituais inesperados. Ore por um movimento sem precedente do Espírito Santo nessa Nação. Ore por um espírito de unidade e para que muitos mais no Líbano conheçam a Cristo.


– De um Obreiro.  Isso acontece no Quênia: “Me encontro em uma aldeia sem água corrente nem eletricidade, tenho caminhado muito compartilhando as histórias do Mestre, estou falando da Água da Vida e da Luz do Mundo. Talvez possa parecer pouco, mas três pessoas entenderam a mensagem e na semana seguinte deram o passo do batismo. Acompanhe-me em oração pelo crescimento dessas vidas, mas também interceda por libertação de um casal de discípulos, que sua família seja fundamentada nos princípios do reino. Que possam crescer na liberdade que só Cristo nos oferece.”


– Oralidade. Muitas culturas dependem de métodos orais, como a narração de histórias, para comunicar o evangelho. Você sabia que há comunidades remotas na República Democrática do Congo que se sentem esquecidos, já que não têm uma tradução da Bíblia escrita em sua língua materna? Nós podemos esquecer, mas Deus não os esqueceu e por isso há organizações como MIAF e Semilla que se unem para começar os processos de tradução para essas tribos. Você poderia orar por segurança, favor e graça de Deus sobre cada pessoa envolvida?


Interceda Por Etnias Não Alcançadas

– Yaeyama, do Japão

Os Yaeyama do Japão são um dos vários grupos étnicos que vivem nas ilhas Ryukyu. Consideram-se budistas, embora prevaleçam práticas xamânicas. São considerados cidadãos de segunda classe na cultura japonesa, o que os faz buscar um sentido de pertencimento. Oremos para que sejam atraídos pelo Deus que os chama a pertencer, o que nunca os deixará. Oremos Isaías 61.9: “A sua posteridade será conhecida entre as nações, os seus descendentes, no meio dos povos…”


– Muçulmanos Baygo, do Sudão

Entre essas 1.300 pessoas não se conhecem seguidores de Jesus. São um dos grandes povos Daju do Sudão. A principal religião que o povo Baygo pratica é o Islã. São ensinados desde pequenos que sua religião contém a lei perfeita e as formas em que Alá quer que vivamos. Será necessário orar com fidelidade pelo povo Baygo. Então algumas pessoas que amam o Senhor mais que suas vidas terão que ir a eles com o evangelho. Ore por um avanço espiritual entre os Baygo e outros povos Daju no Sudão que conduza a um movimento de discipulado.

The following two tabs change content below.

Mary Fernández

Latest posts by Mary Fernández (see all)

Comments are closed.