O melhor presente que você pode dar a seus amigos missionários neste período natalino

reunion-zoom

Por Beth Matheson

Os missionários são apenas pessoas.

Anos depois que minha família chegou às Filipinas, quando eu era criança, minha mãe brincava sobre como essa realidade a assustava: “Saímos do avião e fiquei esperando que minha auréola descesse. Isso nunca aconteceu”.

Trinta anos mais tarde, tive a mesma sensação quando meu marido e eu chegamos em Papua Nova Guiné com nossos filhos. Tivemos alegria em seguir o chamado de Deus, mas também tínhamos um filho em idade pré-escolar que ficou abalado e se desequilibrava regularmente. Tivemos esgotamento e choque cultural. O cansaço se acumulou e atitudes negativas inesperadas surgiram em nossos corações.

Éramos as mesmas pessoas que tínhamos estado do outro lado do oceano… apenas mais pessoas. Poucas coisas na vida trazem à tona a fragilidade humana como a vida missionária.

Os missionários não vêm equipados com superpoderes ou capas (embora eu deva admitir, uma capa soa divertido). Não somos diferentes de qualquer outra pessoa que esteja em uma caminhada de obediência diária e confiança em Deus.

Neste momento, algumas pessoas estão confiando em Deus para que as prepare para navegar pela vida nas remotas selvas do Pacífico Sul, nas agitadas cidades asiáticas ou nas áridas planícies africanas. Alguns confiam nele para os preparar para navegar pela vida enquanto treinam missionários e ajudam a habilitar a tradução da Bíblia a partir dos Estados Unidos.

É possível que você confie nele enquanto navega pela vida como professor, arquiteto, pastor, pai ou contador aposentado. Não importa o contexto, todos somos simplesmente pessoas que aprendem juntos o que significa seguir Jesus.

Jesus chama todo seu povo a levar o evangelho até os confins da terra (Mateus 28:19-20), seja indo, treinando e capacitando, orando e/ou doando. Você é chamado de “parceiro” por uma razão: você é realmente um companheiro de equipe, uma parte fundamental deste ministério junto com seus amigos missionários!

Como parceiro – (uma pessoa que está obedecendo a Deus e investindo em Sua obra) – o melhor presente que você pode dar a seus amigos missionários nesta época festiva é…. você mesmo! Não estou falando apenas de suas orações e presentes financeiros, embora estes sejam necessários e profundamente apreciados. Estou falando de um crescente relacionamento de duas vias com você. Assim como você quer conhecer os missionários com os quais você se associa, eles querem conhecê-lo.

Aqui estão algumas formas práticas para oferecer a seus amigos missionários, tanto no exterior como nos Estados Unidos, o presente do relacionamento nestas festas:

Envie um cartão de Natal com uma mensagem escrita à mão ou uma foto de família.

Se seus amigos missionários servem no exterior, lembre-se de considerar pelo menos alguns meses para a entrega. Mas mesmo que chegue em fevereiro, seu cartão de Natal será um encorajamento.

Responda a seus boletins por e-mail, e faça com que saibam especificamente como você está orando.

No burburinho diário da vida e do ministério, os missionários podem às vezes se sentir isolados ou esquecidos. Responder aos boletins informativos de seu missionário e deixá-lo saber exatamente como você está orando é uma ótima maneira de lembrá-lo de que o que ele está fazendo é importante.

Comunique-se com eles também entre suas atualizações.

Pergunte a seu missionário como você pode orar por eles. Além disso, compartilhe suas próprias necessidades de oração e conte detalhes diários de seu dia. Algumas das notas mais encorajadoras que minha família recebeu incluem tópicos como planos para o jantar, trabalho no jardim ou atividades da igreja. O que é importante para você é importante para seus amigos missionários, e suas observações regulares podem ajudá-los a se sentirem menos desconectados da vida em casa.

Envie um pacote com suas coisas favoritas.

Você tem um tipo favorito de cereal, uma marca favorita de caneta, um filme ou jogo que gosta muito? Junte uma caixa de coisas que você aprecia e a envie para seus amigos missionários. Eles aprenderão sobre você e desfrutarão de um presente especial (mas antes de enviar um pacote, certifique-se de não incluir nada que seja proibido naquele país).

Estar fora de casa nas férias pode ser extremamente difícil, mas também pode ser uma oportunidade para descobrir novos hábitos e criar memórias inestimáveis. Minha família esteve em Papua Nova Guiné apenas por um período de férias, mas nossos filhos ainda falam com carinhoso sobre reunir-se ao redor de nossa mesa com amigos para um jantar com frango de Ação de Graças. Eles se lembram de ter recebido suas próprias caixas de leite ultrapasteurizado na manhã de Natal e de aprender como fazer uma sobremesa australiana numa fogueira na noite de Ano Novo. Quando perguntar sobre as pessoas e tradições que se tornaram importantes para seus amigos missionários, você não só aprenderá mais sobre elas, mas também os encorajará com seu interesse genuíno por suas vidas. Quando a vida fica difícil, e às vezes fica, saber que não estão sozinhos pode fazer uma grande diferença.

Os missionários são pessoas, e você também é uma pessoa. Nenhum de nós tem auréolas ou superpoderes, mas não precisamos disso porque temos um Deus fiel, que nos une enquanto trabalha através de todos nós para cumprir sua missão.

Obrigado por apoiar seus amigos missionários, ajudá-los a avançar em seu trabalho e dar a eles o presente de um relacionamento com você!

Fonte: Wycliffe

 

The following two tabs change content below.

Martha Claros

Diretora da Área de Comunicação da COMIBAM

Latest posts by Martha Claros (see all)

Comments are closed.