Cristãos no Afeganistão fogem dos talibãs

afganos-huyendo

Deslocam-se para áreas remotas

Os talibãs mantém fechadas as fronteiras do Afeganistão

Os cristãos no Afeganistão fogem do Talibã, deixando as cidades onde vivem. Segundo informa Release International, muitos cristãos afegãos não puderam deixar o país porque as fronteiras estão fechadas, mas estão fugindo para regiões remotas do país para evitar perseguição pelos extremistas.

Os talibãs consideram os cristãos como apóstatas que merecem a morte. Muitos estão escondendo-se por causa de ameaças às suas vidas.

Mesmo antes da queda do país nas mãos dos talibãs, os cristãos locais já sofriam perseguição. Esta experiência serviu para fortalecer seu caráter em meio a situações hostis.

“Algo bom que podemos tirar disso é que a Igreja clandestina está crescendo bem equipada no meio da tempestade”, dizem, a partir de Release International. “A Igreja está aprendendo a operar como se fazia nos Atos dos Apóstolos – sob contínua ameaça e perseguição”, observam.

Pedido de oração

O Afeganistão é hoje o segundo lugar mais perigoso do mundo para ser cristão, de acordo com a lista de perseguição de Portas Abertas deste ano. Perde apenas para a Coréia do Norte. É notável que a maioria dos cristãos se converteu após deixar o Islã. Junte-se a nós em oração por nossos irmãos cristãos no Afeganistão, que sofrem perseguição. Oremos também pelos cristãos perseguidos em outros países ao redor do mundo.

Fonte: Entre cristãos

 

The following two tabs change content below.

Martha Claros

Diretora da Área de Comunicação da COMIBAM

Comments are closed.